Disconnect

Varrem-se as personalidades, transmutam-se para a sobrevivência

SINOPSE

Varrem-se as personalidades, transmutam-se para a sobrevivência. A duplicidade, a dissimulação, a absorção de uma identidade, de várias identidades, são o espelho que reflete o conveniente a uma multidão solitária que se alimenta de si própria.

Uma hierarquia prevalece sobre a própria natureza, cada um usurpa a máscara que lhe convém para sobreviver.

Mesmo nos momentos de solidão, a duplicidade pode prevalecer e faz-se por acreditar que é genuína e única a condição presente. A genuinidade urge, mas está cada vez mais distante.

Obrigados a fugir da nossa essência enquanto corremos a uma velocidade vertiginosa para tudo o que nos é imposto pela sociedade, participamos numa corrida contra o tempo e quem sabe, até contra nós próprios.

Os momentos em torpor são talvez os verdadeiramente genuínos.

Ficha Artística

Coreografia: Daniel Cardoso
Bailarinos: Elson Ferreira, Ester Gonçalves, Filipe Narciso, Inês Godinho, Kim Potthoff e Mathilde Gilhet
Música:  Olafur Arnalds, Nu, Moderate, Hans Zimmer, Apparat

Materiais cénicos e Figurinos: Maria Monte
Desenho de Luz e espaço cénico: Daniel Cardoso
Ensaiadora: Sandra Resende

Fotografia: Cristina Cardoso

Informações

Público: maiores de 6 anos
Duração: 1h e 15 minutos

Contacte-nos

Para questões relacionadas com espectáculos, patrocínios, estágios, intercâmbios, ou outros assuntos, por favor entre em contacto connosco.

Not readable? Change text.