MENINA DE PEDRA

Um grupo de amigos passeia numa zona esquecida da cidade…

SINOPSE

Um grupo de amigos passeia numa zona esquecida da cidade. No meio dos arbustos e restos de obras descobrem uma velha estátua. Assustados com a expressão trágica da estátua, os amigos procuram fugir daquele local. São interceptados por um velho sem-abrigo que os avisa que o local é mal frequentado e adverte-os contando-lhes a história daquela estátua.

Há muitos anos, uma Menina que tanto gostava de dançar foi transformada em estatua por uma terrível bruxa. A bruxa mantinha as ruas em absoluto silêncio, detestava qualquer movimento e todo o som. Ora, a Menina, que tanto gostava de dançar, ao chegar àquela praça começou a fazê-lo. Furibunda, a Bruxa, apanhou-a com as suas artes mágicas e transformou-a numa estátua.

Os amigos decidem então ajudar a Estátua. Como? Um deles tem uma ideia: Se a Bruxa transformou a menina porque, ao parar o seu pensamento, lhe roubou a capacidade de movimento, talvez o reaprender do movimento lhe ajude a recuperar o pensamento.

E não há movimento mais fascinante, mais capaz de impressionar, do que a dança, de que a menina tanto gostava. É preciso dar lições de dança à Estátua. Todos se empenham. A Estátua recupera gradualmente os movimentos e acaba por se juntar aos Amigos na dança, voltou a ser uma menina, bem viva.

Ficha Artística

Coreografia: Daniel Cardoso
História: João Aguiar
Bailarinos: Theresa da Silva C., Filipe Narciso, Elson Ferreira, Inês Godinho, Inês Pedruco, Gonçalo Andrade, Mathilde Gilhet
Música Original: Jorge Salgueiro
Desenho de Luz: Paulo Correia
Figurinos: Rita Melo
Fotografia: Cristina Cardoso

Informações

Público: maiores de 3 anos
Duração: 40 minutos

Contacte-nos

Para questões relacionadas com espectáculos, patrocínios, estágios, intercâmbios, ou outros assuntos, por favor entre em contacto connosco.

Not readable? Change text.