Projecto Quorum

2014

SINOPSE

I’LL BE HOME AFTER SIX” – de JÁCOME FILIPE. Faça-se luz! E fez-se…O palco mostra-se em todo o seu radiante esplendor,vazio, desabitado, sem ninguém.Mesmo sem ninguém. Nehuma pessoa, por oposição a muitas. Nada. Nicles. Um verdadeiro ermo.
Nisto, ouvem-se vozes indistintas que ecoam por todo o teatro. Algo se passa. Pressente-se confusão e adivinha-se a aproximação do caos.A expectativa aumenta para niveis nunca antes vistos, onze na escala de Richter.
Entra ela em passo acelarado, electrizante, com uma expressão impaciente e desafiadora, armada com os cabelos literalmente em pé e fazendo com que o palco expluda de pós-antecipação.Entra ele logo a seguir e pára em posição de matador, confiante, mas algo ansioso. Seguro, mas um tanto aflito. Decidido, mas quiçá hesitante. E por aì fora.Lança a sua voz de baritono na direcção dela e diz na lingua do amour como se o amanhã fosse ontem: – Cherry!!!!Ao que ela responde enquanto desliza a alta velocidade pelas planuras do palco: – Non!!!Ele dá corda aos calcantes, mete a 10ª (mudança de bicicleta) e persegue-a como se o dia seguinte tivesse sido obliterado do calendário.E assim começa a comédia que é um drama mas é uma comédia.
P.S.: Caros espectadores, para que saibam, tudo o que descrevi anteriormente não é bem assim. Bom espectáculo.

SPACE IS ONLY NOISE” – de Inês Godinho
…Ela limita todos os opostos. Deixa a incerteza vazia, preenche o nada.Passeia-se no limiar do instante/eterno.
– Jogas?
O espaço torna-se infinito dentro das nossas limitações.
Quebram-se peças preenchidas de incertos vazios.
Existe uma constante procura do outro, onde o instante se assemelha à eternidade do tempo existente no vazio.
Dentro do tempo existem milhares de sons, compassos, particularidades… Limites.
Onde o “tudo ou nada” preenche todo o vazio dentro da nossa incerteza.
Quando o Jogo coexiste entre a ânsia e o desespero de um momento a cru, o espaço/tempo – tudo/nada tornam-se um só.

MOZART” – de Daniel Cardoso.
Pessoas fechadas num espaço onde a comunicação surge ao som de música. Onde há dialogo surgem sempre dois lados, duas formas de ver, duas opções distintas, dois caminhos. Por vezes temos que ignorar os dois lados e escolher o “terceiro” caminho… ir contra a corrente. Este é um trabalho de natureza abstrata direcionado para a musicalidade e qualidade de movimento. Movimento este inspirado na obra musical de Wolfgang Amadeus Mozart.

Contacte-nos

Para questões relacionadas com espectáculos, patrocínios, estágios, intercâmbios, ou outros assuntos, por favor entre em contacto connosco.

Not readable? Change text.