Quorum Ballet vs DGARTES

 In Companhia, Imprensa

Quorum Ballet, a Companhia de Dança mais internacional em Portugal, é excluída dos apoios atribuídos pela DGArtes

O Quorum Ballet, não pode deixar de trazer à opinião pública a sua experiência com a entidade DGARTES, esperando poder contribuir para um debate mais profícuo na reestruturação do Programa de Apoio Sustentado às Artes, que a Dgartes promove.

Não obstante solidarizar-se com a posição da REDE e devido à particularidade das vicissitudes da sua candidatura, traz este relato ao conhecimento público e deixa aqui espelhado o comportamento da DGARTES para com o Quorum Ballet, no caso.

O Quorum Ballet trata-se de uma estrutura de dança da área metropolitana de Lisboa, que conforme se pode aferir pelos números referidos em cabeçalho, é uma companhia que demonstra uma vitalidade surpreendente na internacionalização das suas produções, aliás, tem sido comprovadamente reconhecido ao nível da crítica especializada internacional como um projeto de grande valor e elevada qualidade artística.

A pontuação atribuída pela DGARTES ao Quorum Ballet, no nosso entendimento não fez justiça à qualidade e valia do trabalho do Quorum Ballet, tendo este sido deficientemente pontuado o que fez ter uma pontuação suficientemente alta para ser qualificado de elegível, porém, palavras da DGARTES, não foi contemplado com apoio financeiro por falta de dinheiro.

O QUORUM Ballet não se conformando com a decisão provisória de excluído dos apoios, pronunciou-se em sede de audiência prévia de interessados.

Realce-se que foi a única estrutura a pronunciar-se na audiência de interessados, o que demonstra, a nosso ver, que se instituiu no meio artístico, a perceção sólida de que não valia a pena ter esse trabalho, pois que era uma decisão provisoriamente definitiva.

Ou seja, para a DGARTES é como se não existisse a audiência de interessados, logo, não respeita um direito fundamental dos candidatos.

Para além disso, apesar da candidatura ter sido mal pontuada, foi considerada elegível, sem contudo ter direito a apoio financeiro, pois que não há dinheiro.

O QUORUM Ballet não pode deixar de manifestar a sua indignação, não só pela forma como a DGARTES funciona, como estar sediado num país em que não lhe é reconhecido o devido mérito, nem lhe é atribuído qualquer apoio financeiro para desenvolver a sua atividade artística.

O QUORUM pretende com esta exposição chamar vivamente a atenção para a necessidade de restruturação do modelo de funcionamento da DGARTES, como para o subfinanciamento da Cultura em Portugal.

O QUORUM almeja que com o reforço das verbas agora enunciadas para a DGARTES, faça uma distribuição justa por todas as áreas artísticas candidatas aos programas de apoio sustentado 2018-2021.

Daniel Cardoso
Director Artístico Quorum Ballet / Quorum Academy

Recent Posts
Comments
  • Dieter Straub
    Responder

    Acho completamente injusto e até uma vergonha de recusar apoios financeiros ao Quórum Ballet.
    Já muitos estou a seguir os espectáculos maravilhosos com coreografias inovadoras e bailarinos fantasticos.
    Deve haver apoio para uma companhia desta qualidade!

Leave a Comment

Contacte-nos

Para questões relacionadas com espectáculos, patrocínios, estágios, intercâmbios, ou outros assuntos, por favor entre em contacto connosco.

Not readable? Change text. captcha txt
X