30.000 | Aristides

Homenagem a uma vida que salvou vidas

SINOPSE

Aristides de Sousa Mendes foi um Cônsul de Portugal em Bordéus no ano da invasão da França pela Alemanha Nazi na Primavera de 1940.

Sousa Mendes desafiou ordens expressas do seu ministro dos Negócios Estrangeiros, António de Oliveira Salazar (cargo ocupado em acumulação com a chefia do Governo), e durante um curto período, concedeu indiscriminadamente vistos de entrada em Portugal a refugiados de todas as nacionalidades que desejavam fugir da França em 1940. Sendo chamado “O Schindler Português”, Sousa Mendes também teve a sua lista e salvou a vida a milhares de pessoas incluindo judeus, estima-se 30.000 vidas.

Este facto foi a inspiração para a criação de Aristides 30.000 Vidas, que estreou no XXII Cister Música, Alcobaça em 2014.

Através da conhecida linguagem coreográfica do Quorum Ballet pretendemos fazer uma homenagem a uma incontornável figura Portuguesa e revisitar este marcante período da nossa história.

Ficha Artística

Coreografia, Desenho de Luz e Espaço Cénico: Daniel Cardoso
Bailarinos: Filipe Narciso, Elson Ferreira, Mathilde Guilhet, Inês Godinho e Kim Potthoff
Musica: Olafur Arnalds, Max Richter e Jean-Filipe Goude
Sonoplastia e Figurinos: Daniel Cardoso
Responsável técnico: Rui Alves
Fotografia: Cristina Cardoso

Informações

Público: maiores de 6 anos
Duração: 50 minutos

Contacte-nos

Para questões relacionadas com espectáculos, patrocínios, estágios, intercâmbios, ou outros assuntos, por favor entre em contacto connosco.

Not readable? Change text.